segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Formspring

Há três dias atrás fiz um perfil no imagemdivertido www.formspring.me (eu aqui). Para quem ainda não conhece, é um site onde você recebe perguntas de outras pessoas de forma anônima ou não. Mas que tipo de perguntas? Perguntas de todo o tipo!

A ideia é simples e bacana, e por isso não entendo porque algo do tipo não tenha sido criado antes. O Formspring é um site que mexe com a curiosidade dos que estão lá para perguntar (e saber mais coisas sobre seu amigo(a))  e com a dos que estão lá para responder (ansiosos pela próxima pergunta). Trata-se, portanto, de um sucesso bilateral. Os que perguntam podem fazê-lo em anônimo, e isso os deixa confortáveis para perguntarem tudo o que quiserem. Tudo mesmo! Já os que respondem também tem sua opção de conforto, bastando deletar as perguntas sem responder.

A mistura “curiosidade + conforto” é bombástica. Um tema recorrente no Formspring é, obviamente, sexo. Se você permitir, todo o seu perfil sexual será traçado através dele. Recebi perguntas sobre sexo a três, por exemplo. E nem sempre deletar perguntas é a melhor opção. Você pode acabar se entregando por causa disso. Mas existem perguntas que não dá para responder mesmo, e você não é obrigado a isso. Além do mais, não podemos esquecer que outras pessoas podem ler. Certo cuidado se faz necessário.

O Formspring, apesar de ser divertido na maior parte do tempo, pode causar aborrecimentos também. Isso pode ocorrer por causa da sequência de perguntas cretinas que você não para de receber, mas também ocorre se você estiver de rolo com alguém. Já andei presenciando situações por lá. O cara indo tirar satisfações da moça sobre a maneira com a que ela respondeu tal pergunta, ou então o namorado que se faz passar por anônimo para arrancar coisas da namorada e vice-versa, e por aí vai. As possibilidades de utilização são grandes. Mas se você for parar para pensar, isso ocorre também no Orkut, Facebook, Twitter etc. É o mal das redes sociais, e o formspring não deixa de ser uma, já que, assim como no Twitter, você pode seguir os perfis dos seus amigos, e ver, com mais facilidade, o que eles responderam.

Então, se você for alguém super curioso provavelmente vai “gostar” do Formspring. Coloquei gostar entre aspas porque acho que tem gente que está lá mais pela curiosidade obsessiva do que pelo fato de estar gostando das perguntas que recebe e reponde, haha. Eu por enquanto estou gostando. E ainda estou muito curioso. Notável. Afinal há três dias a chamada do meu perfil é “Perguntem, pois logo deletarei isso aqui!”, e eu ainda não pensei em deletar de fato. Ô curiosidade maldita!

Nenhum comentário: