sábado, 13 de março de 2010

Documentando os sonhos


Oi, galerinha!
Gostam de sonhos?


sonho

 

Outro dia, no Twitter, alguém que eu sigo disse que anotou em um caderno todos os sonhos que teve ao longo de algum ano. No final, esse alguém disse que suas anotações estavam bem divertidas e que foi uma experiência interessante. Não lembro quem foi a pessoa, mas inspirado nela resolvi fazer o mesmo.

Só que eu não vou usar caderno. Vou usar um arquivo no PC para isso. Não quero ninguém lendo meus sonhos sem que eu tenha mostrado. E não sei se eu vou escrever com todas as letras os sonhos mais pesados que eu tiver. Afinal, até mesmo para escrever um sonho bem perturbador que você teve para somente você ler, necessita-se de certa coragem. E eu não sei se terei tal coragem. Existem sonhos que a gente quer mais é esquecer. Sim, confesso: tenho sonhos inconfessáveis. Mas os mais confessáveis eu postarei aqui no blog futuramente.

Como vocês já devem ter percebido, quando eu falo em sonho, tô incluindo pesadelos também. É que não quero ficar usando as duas palavras. Portanto, sonhos = sonhos + pesadelos + coisas indiferentes.

Essa experiência pode, inclusive, ter certa serventia. Afinal vou poder estimar o que tenho sonhado com mais frequência. Quem sabe não descubro algo mais sobre minha personalidade, haha. Mas o objetivo principal é ter um arquivo cheio de sonhos e me divertir relembrando muitos deles.

Uma pena que costumamos esquecer grande parte do que sonhamos logo assim que a gente acorda. E quanto mais o dia passa, mais você se esquece do seu sonho da noite passada. Portanto, creio que terei que documentar meus sonhos pouco depois de acordar, para não correr o risco de esquecer tudo, como aconteceu ontem, dia 12.

Falando em datas, vou adiantar o meu sonho do dia 11, o primeiro documentado. Sonhei que o meu primo Maurinho estava me ensinando a fazer um prato que envolvia laranja frita com uma espécie de empanado de frango. Ela falava para eu fritar uma laranja descascada e inteira, e também o frango, só que usando suco de laranja (nada de óleo ou manteiga). Depois disso, a laranja era cortada em quatro gomos iguais e os gomos eram fixados de alguma forma com pedaços de frango. Fiz conforme ele ensinou, pedi para ele provar e ele disse que ficou bom, porém me chamou atenção para um dos gomos que não tinha sido bem fritado.

Bizarro, não? :P

Pois é. Essa é a minha ideia. Ter um monte de sonhos assim. Uns esquisitos, outros significativos, bonitos, pesadelos e… claro, meu arquivo provavelmente terá alguns contos eróticos. Sexo é um tema recorrente nos sonhos de qualquer um. Mas como eu disse, nem tudo eu vou mostrar. Pelo menos não para qualquer um ;)

Um comentário:

Diego Martins! disse...

Escrevi um post sobre sonhos no Antena dg! Também tenho sonhos loucos demais. Tenho medo de arquivá-los, Rs.

http://antenadg.blogspot.com/2009/12/sonhos-irreais-demais.html

Abração Renan!