quinta-feira, 12 de maio de 2011

Sintomas de um homem desapegado


Há três anos atrás, eu escrevi o "Sintomas de um homem apaixonado", baseado nas minhas experiências de rapaz gamado. Hoje, eu tenho uma relação de vergonha e orgulho com esse texto. Vergonha porque hoje eu não o escreveria novamente daquela forma; achei que ficou meloso demais. Orgulho porque é o meu texto mais relevante (ou menos anônimo) na internet, estando reproduzido em alguns blogs por aí, mesmo que sem os devidos créditos a mim. Mas não me importo, pois sei que estou sujeito a isso.

Para vocês terem uma ideia, de todos os acessos diários que recebo aqui - que não são muitos, visto que estou longe de ser famoso na internet - bem mais da metade são para o link do "Sintomas". Creio que o motivo seja porque, sem querer, eu usei palavras-chaves fortes no título. Sabem como é, essa coisa de paixão mexe com todo mundo, e pelo menos uma vez na vida não sabemos lidar com isso. E a que muitos de nós recorremos para buscar auxílio? À internet. Então, aquela mulher que não sabe se um cara está afim dela ou o rapaz que quer saber se está apaixonado ou não, digita no Google por exemplo, a combinação "sintomas + homem + apaixonado", e lá aparece o RenanZices cheio de abobrinhas sobre o assunto.

Mas vamos ao novo texto, que é justamente o contrário do mencionado nos parágrafos anteriores. Infelizmente, tudo o que começa pode ter um fim; principalmente a paixão, que costuma ser tão efêmera. O texto que segue abaixo é baseado 1º) na minha experiência de ter tido uma mulher apaixonada por mim, mas que não era correspondida o suficiente e 2º) na observação do relacionamentos de amigos que, em determinado momento, já não estavam mais tanto "aí" para suas parceiras. Sei que a minha pouca idade talvez não me credite para escrever com sabedoria sobre isso, mas acho que pelo menos tenho bom senso.

Antes de tudo, uma consideração. A mulher, logo que percebe que não está mais afim do cara, costuma ser mais direta e termina tudo de forma mais abrupta. Já o desapego de um homem por uma mulher é como um câncer, que se instaura despercebido e vai, lenta e silenciosamente, eliminando todas as atitudes inerentes a um homem apaixonado. E o homem costuma ser apático nesse processo. Quando a mulher percebe que algo está diferente, é porque já está diferente há algum tempo. Mesmo assim, o homem costuma dizer que está tudo bem, que não é nada. E o processo continua, as coisas pioram. Chega um ponto em que a mulher, que é naturalmente mais incomodada e ansiosa com problemas na sua relação, decide discuti-la, na maioria das vezes através de uma briga feia. É a deixa para ele terminar, caso ela não o faça.

Tudo o que está escrito abaixo soa muito óbvio. E é mesmo. Mas é interessante notar que a pessoa que está dentro de um situação pessoal tem dificuldade para perceber o óbvio. Portanto, vamos aos sintomas.

1) Desejo de mudança. Se um homem apaixonado costuma ser extremista ao ponto de considerar esse sentimento a coisa mais importante do mundo para ele e focar grande parte do seu tempo na amada, o homem desapegado começa a dividir mais a sua vida. Dividir demais. Há o interesse em fazer novos amigos. Há o interesse em resgatar amizades antigas. Há o interesse em sair mais vezes com esses amigos. É normal alguém comprometido sair de vez em quando com os seus amigos, sem a companhia da mulher. Normal e corretíssimo. E é normal também que alguém faça novas amizades quando muda de trabalho, muda de endereço, etc. Mas, se o cara não passou por nenhuma dessas mudanças concretas e, de uma hora para outra, decide se dedicar mais do que se dedica a outros grupos de pessoas, e ainda por cima anseia em conhecer gente nova, cuidado!

2) Detalhes são pouco estimados. Todo casal tem uma música. O homem perdidamente apaixonado valoriza muito esse e outros detalhes. Mais até do que a mulher. Quando a tal música toca, eles dançam, se olham, riem, se beijam. Porém, quando um homem já não gosta mais tanto da moça, a música do casal deixa de ser estimada, mesmo que ainda possua certo valor para ele. Datas especiais não merecem mais comemorações especiais. A empolgação, que valoriza os pequenos detalhes do casal, acaba por parte do cara. Inclusive ele pode até passar a achar tudo muito chato. E se o valor do detalhe continua no coração dele, é somente devido ao passado vivido.

3) Ela não é mais o centro das atenções. Se o homem apaixonado dá toda a atenção à sua amada quando está em uma festa com ela, por exemplo, o desapegado não esquenta muito. Fica no meio de amigos, de parentes, e pode passar horas longe dela. Talvez justamente de propósito, para evitá-la um pouco e se distrair. Pode inclusive tratá-la com frieza perante outras pessoas. Outra coisa: ele já não telefona mais com a mesma frequência, já não a chama mais tanto para sair, já não fala mais com a mulher com o mesmo tom de voz entusiasmado de antes, etc. Chato, mas é verdade.

4) Ela ainda marca presença, mas não empolga. Esse tópico é para o caso em que a relação já terminou, e há paz entre os dois. Muitas mulheres baseiam suas esperanças de terem seus parceiros de volta no fatos de estes ainda serem especialmente carinhosos com ela. É o seguinte: ex é para sempre, mesmo que seja apenas ex-namorada. Nenhum homem olha para uma ex com os mesmos olhos que olha para qualquer outra mulher. A ex carrega o passado do cara com ela e trás a lembrança de momentos felizes. E há valor nisso. Portanto, é natural que ele te olhe e te trate com um pouco mais de carinho do que as demais. Mas não confunda, pois isso não significa que ele queira voltar. Você marca forte presença perante o cara, mas talvez não o empolgue mais.

5) Negações. Homem desapegado nega demais, reclama demais, debate demais. Homem apaixonado é bonzinho, sabe ser flexível, quer ver sua amada feliz. Pense nisso.

6) Sensação esquisita. Nos momentos íntimos, o homem em processo de desapego começa a achar algumas coisas esquisitas e a não se sentir muito bem. Não há mais a grandiosidade daqueles momentos. Ele passa a achar que tudo aquilo já não está tão bom, que não combina tanto, que tem alguma coisa esquisita ali. E então ele começa a perceber que um dia haverá um fim. E começa a querer isso, silenciosamente.

7) Defeitos vem à tona. Se o homem apaixonado acha a sua amada o ser mais perfeito que existe, o desapegado começa a ver os reais defeitos. É normal e recomendado que as pessoas percebam os defeitos das outras e aprendam a lidar com eles. Mas é aí que entra um detalhe. O homem que ama está disposto a lidar com os defeitos da mulher; o desapegado não. Ele se incomoda com isso, reclama, e tira a mulher do pedestal no qual ele a tinha posto anteriormente. Tira, e aos poucos se afasta.

8) Quanto ao ciúme. Em término recente de relação, é normal que o cara sinta ciúme da sua ex com outro. Mas isso, novamente, não significa que ele queira voltar. Homem é possessivo por natureza, apenas isso. Entretanto, como eu disse, isso é normal apenas quando a relação terminou há pouco tempo. Se o cara continua sentindo ciúme da sua ex com outro, mesmo depois de passado um bom tempo, talvez ele esteja menos desapegado do que imagina.

9) Com outra funciona! Talvez o sintoma mais explícito de um homem desapegado é quando ele consegue outra mulher e com ela acha tudo maravilhoso, esquecendo-se totalmente da outra. A nova consegue substituir a anterior inteiramente. Já era!

10) Sensação de finitude. Como foi escrito no sintoma 6, o cara desapegado já não vê mais (e até mesmo repudia) um futuro para a relação. Ele passa a achar que pode mais, que poderia estar melhor se estivesse com outra pessoa, ou mesmo sozinho, viajando, morando em outro lugar. Começa a ter aversão quanto à ideia de ter filhos, de casar, de morar junto (caso antes tivesse esses sonhos). Passa a falar coisas esquisitas, que remetem à finitude da relação; coisas do tipo "quando não estivermos mais juntos". Homem apaixonado é diferente; ele não quer que aquilo termine.


Consideração final: Nós, homens, às vezes somos mais complicados que as mulheres. Muitas vezes achamos que queremos, mas não queremos, apenas queremos querer. O que no fundo queremos, não queremos. Ou, o que no fundo não queremos, queremos. Entende? Pois é. E talvez essa confusão toda anule a validade de todos os sintomas acima. Somos menos práticos do que parecemos. Mas uma coisa é certa: homem que, de alguma forma ainda gosta, sempre procura novamente.

Obs: "desapegado" foi o melhor adjetivo que eu encontrei para o contrário de apaixonado, apesar de oficialmente ser o contrário de "apegado". Se alguém tiver uma palavra melhor, me avise, que eu mudo no texto.


6 comentários:

Clarice disse...

Também tive um texto assimilado pela rede, que virou pps e coisa e tal, mas ao contrário de você, fiquei furiosa.
Sobre as teorias a respeito de quem sente o que e quando e o que faz, só uma ressalva: é preciso um pouco de cuidado para não usar um exemplar ou poucos para estabelecer um padrão.
Teu texto revela tua visão e teu aprendizado, mas como dizia o cara aquele: há controvérsias!
Pessoa apaixonada e esquizofrênica retratam igualzinho na ressonância magnética. Isso ajuda a explicar? Depois que a "doença" passa, até os textos parecem meio esquisitos, é verdade. Mas isso é papo de quem perdeu a cabeça várias vezes e mesmo assim...
Abração.

Renan Mariano disse...

Nada como as palavras de alguém experiente. Obrigado, Clarice!

Diego Martins! disse...

Dizem que o "desapegado" pode ser substituído por "casado". Haha. Zoando!!!

Como dito, quando vive-se esses sintomas nada é tão óbvio quanto parece.

graciela disse...

nossa obrigado td que vc disse é o meu caso valeu!!!!!

Ana Carolina Martiniano disse...

Adorei

Anônimo disse...

Salve pomba-gira, maria padilha, rainha
das 7 encruzilhadas, fazei [S.T.P] me de
muito dinheiro que faça todas as minhas vontades, pomba-gira faz com que
[S.T.P] trazei muito dinheiro para mim,(L.F. P)
assim como o galo canta, o burro
rincha, o sino toca, a cabra berra, assim
tu,(S.T.P)hás de trazer muito dinheiro
pra mim,(L.F.P)assim como o sol aparece, a chuva cai, faça o dinheiro ser dominado por mim(L.E.P)
preso debaixo do meu pé esquerdo. Dinheiro com dois
olhos te vejo, com tres eu te prendo, com meu anjo da
guarda peço que [S.T.P)] traga muito dinheiro venha ate a
mim, como uma cobra rastejante, que me traga
dinheiro urgente loucamente, que so sinta desejos por
mim,(L.F.P)que não consiga ficar com quem não merece, que não fique com nenhuma outra pessoa que não seja eu.
Que atenda todas as minhas vontades, que nunca me faça
sofrer e ficar sem dinheiro, que quando eu durma e acorde
sempre o dinheiro esteja dentro de minha casa ou onde eu
estiver e que sempre tenha dinheiro sobrando em minha
casa ou onde eu estiver, que o dinheiro não consiga viver
longe de mim, que seus valores sejam sempre
altos voltados para mim. que o dinheiro seja muito
valioso pra mim, que assim seja. Pelo poder de
são cipriano, assim seja. Que [S.T.P] traga muito dinheiro vai vir atrás de mim, para que possamos ter
conforto, fama, poder, saude, um bom convívio e assim
sermos felizes. Peço a são cipriano que[S.T.P]me de muito
dinheiro me procure ainda esta semana. Peço isto ao
poder das tres almas pretas que vigiam são cipriano, assim
seja.Que o dinheiro venha logo de uma vez, que os
inimigos não nos vejam, assim seja.oh maria padilha,
minha rainha, atendei o meu pedido ..que [S.T.P] nao
tenha sossego e tenha consciencia enquanto nao me der
mais dinheiro para minhas necessidades. quando acabar de ler publique.