quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Apaixonados



paixão

Não, esse não é um texto sobre paixão entre pessoas. Mas fala da paixão no sentido amplo da palavra: a paixão por qualquer coisa nessa vida.

O mundo é movido a paixões. Elas dão novos sentidos as nossas vidas e, antes de nós mesmo, são as verdadeiras responsáveis pela construção de tudo. Toda a tecnologia que temos hoje foi propiciada por pessoas apaixonadas e, portanto, fixadas em determinadas questões, que fizeram com que a matemática fosse desenvolvida e os mistérios da física fossem sendo descobertos e utilizados para a inovação.

A paixão pela profissão é uma das melhores sentimentos que se pode ter. É grande a felicidade de trabalhar com aquilo que você mais gosta. É como ganhar para ter prazer. É uma felicidade garantida por décadas de vida.

A simples paixão pela natureza, por uma bela paisagem, o simples prazer de ver o nascer e o pôr-do-sol, a paixão pela clareza do dia, pelas luzes da noite, pela chuva, por cheiros, paladares e cores. Poucas coisas são melhores do que aquela deliciosa sensação de acordar e perceber que sua vida é ou pode ser maravilhosa e que o futuro que te espera pode ser promissor, e que isso só depende de você. Isso é simplesmente paixão pela vida!

As coisas mais importantes e que verdadeiramente nos fazem sorrir geralmente estão ao nosso alcance. Mas muitas vezes não enxergamos. E o pior: até jogamos fora. Aquilo que nos faz sorrir de verdade jamais pode ser descartado de nossas vidas. Pare um pouco e pense nas coisas e pessoas que mais te fazem bem. Às vezes você nem percebe. Mas são essas é que devem nortear seu caminho. Tudo aquilo que te impõe algum tipo de sofrimento não deve ser considerado para permanecer contigo em sua jornada. Pelo menos não da forma que é. Acredito pouco em predestinação. Creio mais é na força de vontade. A maioria das coisas dependem de nós.

Eu também acredito que a vida existe para ser vivida com o máximo de alegrias possíveis, apesar de que muitas coisas que acontecem vão contra isso. Sei que as pessoas nascem e vivem em condições diferentes, mas não acho que a vida seja um fardo. Acho que ela é uma dádiva. A oportunidade da existência não pode ser pior do que jamais ter vivido. Da vida nascem possibilidades. Do nada, nasce nada.

Deixe-se apaixonar pelas coisas. Gaste tempo com o que te faz feliz. Desenvolva suas paixões. Isso só te acrescenta. Você começa a aprender, a discutir e a influenciar. Além do mais, isso te torna o mais autossuficiente possível. A felicidade na sua vida passa a depender quase que exclusivamente de você.

As pessoas mais brilhantes e interessantes que existem não são as mais inteligentes; são as mais apaixonadas. E o brilho delas vem justamente das paixões que cada uma carrega consigo. Uma pessoa sem ao menos uma única paixão é uma pessoa morta em vida. E poucas coisas são mais tristes do que isso.

Nenhum comentário: