domingo, 26 de maio de 2013

Garotinha do papai


Jorge atendeu o telefone:
- Alô!
- Alô, pai?
- Oi, minha princesa! Diga.
- Chegou bem no trabalho?
- Sim, já estou no escritório.
- Que horas você volta hoje?
- Por volta das 7, por que?
- Preciso de um favor seu…
- Fale, meu amor.
- Passa na farmácia e compra um pacote de camisinhas pra mim?
- Oi?

- Passar na farmácia e comprar camisinhas pra mim…
- Como assim, Luana?
- É que hoje eu vou transar com o meu namorado pela primeira vez. Estou no colégio, e de tarde vai ter gincana entre as turmas, vai acabar tarde e não vou ter tempo de ir comprar. E meu namorado é meio distraído, não sei se ele vai lembrar e…
- Luana, você está doida? Como é que você me pede uma coisa dessas?
- Ué, algum problema?
- Luana, você tem apenas 15 anos!
- Eu sei. E todas as minhas amigas já transaram, só eu é que…
- Luana, isso não é justificativa! Sua cara-de-pau! Eu não estou acreditando que você está me pedindo isso!
- Pai, você não vive me dizendo que eu posso contar com o senhor pra qualquer coisa?
- Mas não pra isso! Onde já se viu?
- Mas eu pensei que…
- Pensou errado! Cale essa sua boca! Não quero mais saber disso! Aliás, desde quando você tem namorado?
- Desde início do mês passado.
- E por que eu não estou sabendo disso?
- Porque eu ainda não sei se vai dar certo. Tô vendo qual é.
- Ah, “tá vendo qual é”?
- Sim.
- E mesmo assim quer transar?
- Faz parte da análise…
- Chame a sua mãe pra mim agora!
- Tá na casa da vovó. Só volta tarde da noite.
- Então eu vou te dizer uma coisa. Se prepare que você vai levar uma surra quando eu chegar em casa!
- Mas pai…
- “Mas pai” é o cacete! E engole esse choro!
-  …
- Luana, eu quero você longe desse garoto, tá me ouvindo?
- Tô.
- Eu não quero você transando por aí!
- Mas ele é legal e…
- Não quero saber!
- A família dele já me conhece…
- Não interessa!
- O pai dele gosta de mim, quer até que eu faça parte do comício…
- Comício?
- Sim.
- Que história é essa de comício?
- Ah, é coisa do trabalho dele.
- Comício é coisa de político.
- Isso. O Seu Cardoso participa direto.
- Seu Cardoso?
- Sim.
- E quem é esse? Eu só conheço um Cardoso que é político.
- É o senador.
- O Senador de república? Cardoso Moreira? Esse mesmo?
- Esse aí.
- Você está namorando o filho do senador Cardoso Moreira?
- Isso.
- …
- Pai?
- Vem cá.. e ele gosta de você?
- Ele e a mulher dele, Dona Jussara. Me recebem muito bem, tá?! Dona Jussara torce para que dê certo, porque ela acha que eu seria uma nora perfeita.
- É muita coisa pra minha cabeça!
- Fico à vontade lá naquela casa linda e enorme, naquela piscina maravilhosa… Sou tratada como mereço, sou mimada pelos criados!
- Sei…
- E aqui nem posso contar com você!
- Não se preocupe, minha filha. É que me assustei. Mas faz parte da vida. Você é a minha garotinha, mas não pode estar presa sob minhas asas pra sempre. Precisa voar...
- Então está de acordo?
- Sim. Mas acho que você vai precisar de calcinhas novas, mais bonitas e adequadas pro momento. Rapazes gostam disso… você vai entender…
- Oba!
- Papai vai comprar algumas por aqui quando terminar o expediente. Tá bom, meu amor?
- Oba! Mas e as camisinhas?
- Ah, esquenta não. Não precisa…

Um comentário:

Anônimo disse...

por isso eu acho melhor os pais não saberem...