sábado, 8 de fevereiro de 2014

A coisa boa

paixao
Paixão é coisa boa, quando dentro dos limites. Mesmo que você nem seja correspondido, a paixão já vale a pena só por experimentá-la. Porque nossas vidas são marcadas e portanto serão lembradas por momentos de emoção, e não pela rotina racional do estudo e do trabalho. E poucas situações nos proporcionam mais riqueza de emoções do que estar apaixonado. "Emoções ruins", diriam os não-correspondidos. Não necessariamente. Sempre vi delícia no platonismo; uma espécie de delírio, mesmo que teórico.